Postagens

Mostrando postagens de outubro, 2022

Roda da República do 07 de Setembro 2022

Imagem
  Salve meus amigos e camaradinhas. Apresento para vocês, mais uma roda da República de Belém, na comemoração do 07 de setembro. Foram mais de 3 horas e meia de roda e foi muito bom reencontrar com nossos amigos e irmãos. Aqui trago alguns momentos e espero que gostem. Participação: Mestre Geleia, Mestre Beto, Mestre Cidinho, Mestrando Jagunço, Contramestre Humaitá, Professor Meia Lua, dentre tantos outros.

A volta do mundo!

Imagem
Talvez o maior símbolo do Brasil e da cultura brasileira sejam a roda de Capoeira. Um circulo que significa o girar da vida, a continuidade dos saberes, e em um loop infinito, talvez as coisas tendam a se repetir.  Lembro-me que em meados da década de 90, existia um Capoeira muito criticado pelos Capoeiras daquela época. Conhecido como "Leiteiro" ou simplesmente Carioca. Ele sempre falava verdades que incomodavam. Ouvia ele dizer: Angola não é assim, esse toque não é assim...e por ai vai. Foi o primeiro que eu ouvi, falar de politicagem dentro da Capoeira e principalmente de muita coisa errada que existia naquela época. Com o passar do tempo, criaram um plano e silenciaram o velho Capoeira. Começaram uma campanha de difamação, de chama-lo de louco, dentre tantas outras coisas. Com o tempo, o velho Capoeira se cansou e afastou-se de querer ajudar a Capoeira. O tempo passou, cresci e percebi que a maioria, se não todas as coisas que ele falava, eram verdades. Hoje procuro ter o

Tucumã Brasil participa de produção da serie: Modo de olhares

Imagem
O Iphan Pará exibiu nesta segunda, 03 de outubro de 2022, a exibição do curta-metragem da serie: Modos de olhar, resultado dos cursos e oficinas de produção audiovisual, realizados pelo Iphan em parceria com o grupo de antropologia Visagem da UFPA. Na ocasião, foi realizado a exibição dos trabalhos dos detentores dos patrimônios culturais do Pará. As oficinas foram conduzidas por Alessandro Ricardo Campos, que é   Mestre em Antropologia e Doutorando pelo Programa de Pós Graduação em Sociologia e Antropologia /UFPA, Especialista em Educação e Saberes Africanos e graduado em Ciências Sociais também pela Universidade Federal do Pará. Alessandro Ricardo Campos A Tucumã Brasil representou a Capoeira como patrimônio imaterial paraense, abordando a praça da República, como eixo principal de ligação entre os grupos culturais e os mestres dos saberes da região metropolitana de Belém. Mac Iver Beckman Tucumã Brasil Fernando "Poeta" Santos mostrou sobre a produção e confecção artesanal