Postagens

Mostrando postagens de dezembro, 2011

A capoeira e o Open Source - "Código aberto"

Imagem
O termo Open Source é usada na internet como "código livre" onde todos podem usar livremente produtos e até modifica-lo. Na capoeira existem diversos sites que propagam a ideia de "open source" alegando que a cultura tem de ser difundida para todos. Mas até que ponto, esse "código livre" prejudica as intenções ou direito do autor? Esta pratica preserva o fortalecimento da capoeira ou enfraquece-a? São pontos que requer-se uma atenção especial, já que na maioria das vezes, os sites que atuam nesta pratica não repassam nenhum ônus ou citação de quem o produziu. A preservação de uma cultura é diferente de "divulga-la", você pode ter uma cultural com divulgação e nenhuma ação de fortalecimento. Vamos pensar neste com mais atenção neste assunto? Tucumã Brasil © 2011 - Plataforma de Difusão Cultural

Mestre João Pequeno de Pastinha e o Centro Esportivo de Capoeira Angola

Imagem
Breve Histórico da Academia do Mestre João Pequeno de Pastinha-Centro Esportivo de Capoeira Angola A Academia de João Pequeno de Pastinha foi inaugurada em 2 de maio de 1982, com a finalidade de retomar a linha de transmissão da Capoeira Angola, da maneira como ela foi preservada pela academia do Mestre Pastinha. Esta linha de transmissão foi interrompida quando a academia do Mestre Pastinha foi desativada, após a retirada do mestre do seu antigo espaço no largo do pelourinho, atualmente restaurante do SENAC e agravado com sua morte em 1981. A vinculação da academia do Mestre João com a do Mestre Pastinha não se limitou exclusivamente às formas de ensino e de jogo, mas também, ao espírito associativista, na medida em que o Mestre João Pequeno reativou o Centro Esportivo de Capoeira Angola, entidade criada pelo Mestre Pastinha, com a finalidade de agregar os angoleiros para utilizarem instrumentos comuns de preservação e de expansão da Capoeira Angola, assim como meios de amparo social

Nascemos!

Imagem
Tucumã Brasil é um sentimento de se ter o livre pensar em nossa arte capoeira. Sem ter que estar atrelado a nenhuma politica partidária, de grupo, estilo ou mestres. É poder colocar em prática algo em que eu acredito. Transformando em ações velhos anseios que sinto. Sinta-se livre para comentar e expressar sua opinião. Por mais que em algum momento estejamos em caminhos diferentes, temos a facilidade no diálogo. Meu objetivo com este trabalho não é o marketing pessoal, mas de poder ter um lugar em que eu possa me expressar. Venha participar conosco. Está é a Tucumã Brasil.